Parada Gay toma conta da Avenida Paulista

Pouco depois do meio-dia começou, na capital paulista, a festa da 14ª Parada LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais). Os participantes, que lotam a Avenida Paulista, já seguiam sentido avenida Consolação. Dezenas de ambulantes estavam vendendo bebida alcoólica, o que a Polícia Militar pretendia coibir. Muitos dos participantes estão fantasiados. O evento ocorrerá até as 19h30.

LUIZ GUILHERME GERBELLI E FELIPE BRANCO CRUZ, Agência Estado

06 de junho de 2010 | 14h04

Em uma entrevista na manhã de hoje, Alexandre Santos, presidente da organização da Parada, disse que o mote do desfile hoje será conscientizar as pessoas para as eleições de outubro. A orientação é que escolham candidatos que defendam políticas públicas a favor da diversidade sexual.

O governador Alberto Goldman (PSDB) disse que muito já se avançou nessas conquistas, mas que elas ainda são insuficientes. Ele lembrou que quando foi deputado estadual na década de 70 viveu um dos piores momentos de repressão. "Um evento como esse não aconteceria naquela época", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
Parada GaySPAvenida Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.