Paraguai compensará cidade por perda de Sete Quedas

O governo do Paraguai vai compensar financeiramente Salto Del Guairá, no Departamento de Canindeyú, em razão do desaparecimento, em 1982, das cataratas conhecidas no Brasil como Sete Quedas e que deram o nome ao município paraguaio.

EVANDRO FADEL, Agência Estado

03 Maio 2012 | 18h31

As rochas que permitiam as quedas e atraíam milhares de turistas anualmente à região foram inundadas em razão da construção da Hidrelétrica Binacional de Itaipu. A Lei 4.597 foi promulgada quarta-feira pelo Executivo e, de acordo com o jornal paraguaio ABC Color, provocou muita festa na cidade fronteiriça a Guaíra, no oeste do Paraná.

Pela legislação, o Ministério da Fazenda transferirá a Salto del Guairá, pelo período de três anos, em cotas trimestrais, o equivalente a 3% dos recursos de cessão de energia de Itaipu. No ano passado, o Congresso Nacional brasileiro aprovou a revisão das cláusulas financeiras do Tratado de Itaipu, elevando de US$ 120 milhões para US$ 360 milhões anuais a quantia paga pelo Brasil para a cessão de energia. Dessa forma, o município paraguaio deve receber US$ 10,8 milhões por ano, que devem ser aplicados em obras de infraestrutura para turismo, desenvolvimento urbano, pavimentação e manutenção de ruas, saúde e educação.

Mais conteúdo sobre:
Sete Quedas Paraguai compensação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.