Parceiro de Beira-Mar é transferido do Paraguai para MS

O narcotraficante Auxiliador Dias de Souza, conhecido como o "Químico", um dos principais membros da quadrilha de Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, foi transferido para o Presídio Federal de Campo Grande. Ele estava preso desde fevereiro em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, onde foi detido pela Secretaria Anti-Drogas (Senad) do país vizinho. "Químico" era responsável pela multiplicação da cocaína pura adquirida na Bolívia e pela remessa do entorpecente para o Rio de Janeiro e São Paulo. Souza é cunhado de José Clyver Villanova Cavalcanti, o "Vito", outro braço direito e Beira-Mar, transferido do Paraguai para Campo Grande em junho deste ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.