Participação de Bush por vídeo é única certeza de convenção

Encontro do Partido Republicano entra no segundo dia sem agenda definida.

Bruno Garcez, BBC

02 de setembro de 2008 | 12h27

A Convenção Nacional Republicana entra em seu segundo dia com a agenda do evento ainda indefinida para esta terça-feira.A única confirmação até agora é a participação do presidente George W. Bush, por meio de uma videoconferência.A previsão inicial era de que o presidente americano participaria da convenção na segunda-feira, mas Bush cancelou sua participação devido ao furacão Gustav, que atingiu a costa do Golfo do México.No primeiro dia, a convenção partidária foi reduzida e se transformou em um evento para angariar fundos, com a participação da primeira-dama americana Laura Bush e da mulher do virtual candidato republicano John McCain.IndefiniçãoPor conta da indefinição em relação ao evento, as atenções na abertura da convenção acabaram se voltando para a notícia de que a filha adolescente da candidata à vice na chapa de McCain, Sarah Palin, está grávida.Palin, uma cristã devota e mãe de cinco de filhos, é contra o sexo antes do casamento e milita contra o aborto.A companheira de chapa de McCain cancelou sua participação em um evento antiaborto nesta terça, que será realizado em Saint Paul.Até a noite de segunda-feira, mesmo os delegados do Partido Republicano não sabiam qual seria a agenda da convenção para os próximos dias.Na segunda-feira, foram realizadas apenas sessões breves, nos bastidores, nas quais foram estabelecidas as formalidades necessárias para ratificar as candidaturas de John McCain e Sarah Palin.Em circunstâncias normais, a sessão inaugural deveria entrar pela noite adentro, mas a abertura da convenção durou pouco mais de duas horas. Retomada gradualJohn Ball, delegado pelo Estado do Texas, um dos Estados atingidos pelo Gustav, disse à BBC Brasil que encara o fato com com naturalidade e que a decisão de abreviar a convenção foi acertada."Nós, no Partido Republicano, sempre achamos que as pessoas vêm antes do nosso partido", afirmou Ball. "Acho que foi uma decisão correta. Ele (John McCain) fez um bom trabalho."Os delegados estimam que, após o Gustav não ter causado os danos imaginados, a convenção será gradualmente retomada.Chreighton Scott, que atua como voluntário no evento, é um ex-missionário mórmon, que viveu por um período em São Paulo e fala português. Ele diz acreditar que a partir desta terça a convenção retomará seu caráter normal."Acho que na terça, quarta e quinta-feira, o ambiente será um pouco diferente", disse Scott. "A festa será retomada e vamos bater nos democratas." "O senador McCain vai dar uma resposta ao discurso de Barack Obama na quinta-feira passada (que marcou o encerramento da convenção democrata)", acrescentou. "Ele precisa dar essa resposta."BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.