Partido islâmico Ennahda reconhece derrota em eleição parlamentar na Tunísia

O principal partido islâmico da Tunísia, o Ennahda, aceitou a derrota na eleição de domingo e parabenizou o rival laico Nidaa Tounes por ter conquistado a maioria das vagas no Parlamento, afirmou uma importante liderança do Ennahda nesta segunda-feira.

REUTERS

27 de outubro de 2014 | 13h00

"Nós aceitamos esse resultado, e parabenizamos o vencedor", disse Lotfi Zitoun à Reuters.

Zitoun disse que o partido reitera seu pedido pela formação de um governo de unidade, incluindo a presença do Ennahda, pelo interesse do país.

(Reportagem de Tarek Amara)

Mais conteúdo sobre:
TUNISIAELEICAORESULTADO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.