Partidos aliados vão indicar nomes para CPI até quinta-feira

BRASÍLIA, 19 de maio (Reuters ) - Os partidos aliados do governo devem indicar até quinta-feira os nomes dos integrantes da CPI da Petrobras, informou nesta terça-feira o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR).

REUTERS

19 de maio de 2009 | 14h16

O senador afirmou ainda que vai procurar a oposição para buscar um entendimento sobre o funcionamento da comissão, criada para investigar supostas irregularidades em licitações e no pagamento de tributos pela estatal.

Jucá participou de reunião para os acertos da CPI com o ministro José Múcio Monteiro (Relações Institucionais), o líder do PT, Aloizio Mercadante (SP), e a líder do governo no Congresso, Ideli Salvatti (PT-SC).

O senador ponderou que a quebra do acordo por parte do PSDB, que previa uma audiência com o presidente da estatal, José Sérgio Gabrielli, para depois avaliar a necessidade da CPI, é um fato que pode comprometer um entendimento.

"É um fato que de certa forma desestabilizou o início da relação", disse Jucá a jornalistas.

Mercadante foi evasivo sobre os nomes dos integrantes da presidência e relatoria da CPI. Disse apenas que, no governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, PSDB e DEM jamais deram esses cargos ao PT, então na oposição.

Tudo o que sabemos sobre:
POLITICACPIALIADOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.