Passageiro bêbado provoca pouso de emergência nas Bermudas

O passageiro teria ofendido os tripulantes e outros viajantes com comportamento abusivo.

Da BBC Brasil, BBC

17 de julho de 2008 | 07h30

Um passageiro bêbado provocou o pouso de emergência de um avião que partiu de Londres com destino a Varadero, em Cuba, na quarta-feira, depois de ameaçar a segurança e ofender a tripulação e os outros viajantes. O vôo fretado FCAO82, da companhia First Choice, transportava 257 passageiros e 11 tripulantes. Segundo a porta-voz da empresa, a decisão de desviar o destino do vôo para o aeroporto da cidade de Hamilton, nas Bermudas, foi tomada para remover o passageiro que estava bêbado e garantir a segurança dos outros viajantes. "Ele estava causando desordem e estava bêbado, portanto, foi a coisa certa a se fazer", afirmou a porta-voz da First Choice. "A empresa opera uma política de tolerância zero em casos de comportamento abusivo", diz o comunicado emitido pela companhia. Um dos passageiros do vôo, o jornalista Dominic Carman, afirmou ao jornal britânico Daily Mail que ao pouso nas Bermudas foi anunciado pelo capitão depois que o passageiro bêbado tentou abrir a porta da aeronave. Ao pousar em Hamilton, o passageiro foi recebido pela polícia e permanece sob custódia das autoridades locais. De acordo com a empresa, a tripulação e os passageiros passaram a noite em um hotel e ainda não há informações sobre o horário em que o vôo será retomado. "Legalmente, a tripulação deve ter o período de descanso e não temos ninguém para substituir os funcionários nas Bermudas, portanto, o atraso deve ser de pelo menos 14 horas", afirmou a empresa. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.