Passeata contra ganância corporativa em NY reúne 2.000 pessoas

Cerca de 2.000 manifestantes ligados ao movimento Occupy Wall Street fizeram uma passeata no sábado pelo centro financeiro de Nova York antes de outra prevista em Times Square em meio a protestos globais para denunciar a desigualdade econômica.

REUTERS

15 de outubro de 2011 | 16h27

Os manifestantes entoavam frases de efeito como "Nós fomos vendidos, bancos foram resgatados", "Todo dia, a semana inteira, ocupar Wall Street" e "Ei, Ei, Ho, Ho, a ganância corporativa tem que acabar" enquanto marchavam pelas ruas da área chamada Lower Manhattan.

Manifestações como o movimento de rua Occupy Wall Street aconteceram em várias cidades norte-americanas e do Canadá no sábado. A elas seguiram-se manifestações mundiais que começaram em Auckland, na Nova Zelândia, e se espalharam pela Europa.

Centenas de manifestantes se reuniram em Washington, capital norte-americana, assim como na canadense Toronto, de maneira pacífica durante o sábado.

Os manifestantes em Nova York estavam a caminho de Times Square para uma passeata prevista para o final da tarde, numa região tipicamente lotada de turistas e fãs dos teatros da Broadway.

Mais conteúdo sobre:
NYPROTESTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.