Pastor é morto ao reagir a sequestro na Grande SP

O pastor evangélico Carlos César dos Santos, de 44 anos, foi morto com um tiro no peito, por volta das 21h45 de ontem, ao reagir a um sequestro relâmpago na cidade de Caieiras, na Grande São Paulo.

RICARDO VALOTA, Agência Estado

01 de novembro de 2011 | 09h54

Ao volante de seu Santana, Carlos César tentou aproveitar o descuido de um dos bandidos para tentar desarmá-lo, mas foi baleado. O veículo capotou na Avenida Doutor Olindo Dártora, no bairro Morro Grande. Os dois criminosos, ao saírem do carro, dominaram um motorista que parou para prestar socorro sem saber do crime.

Ao dominaram a vítima, fugiram no carro dela, abandonando-a pé. O pastor, que era casado e pai de dois filhos, morreu quando era atendido no pronto-socorro da região. O caso foi registrado na delegacia central de Caieiras.

Tudo o que sabemos sobre:
violênciasequestroCaieiraspastor

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.