Pastor suspeito de 4 crimes é preso durante culto no Rio

O pastor evangélico Antônio Luiz Ponte foi preso na noite de ontem por policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA), no Rio de Janeiro. Contra ele havia quatro mandados de prisão pelos crimes de homicídio, roubo, furto e estelionato. O pastor foi detido quando realizava um culto na Igreja Pentecostal Amigos de Cristo, em Niterói.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

28 de abril de 2010 | 10h13

Segundo o delegado Márcio Mendonça, titular da DRFA, os agentes investigavam o pastor, de 48 anos, há cerca de três meses. Contra ele também havia oito anotações criminais na polícia.

Tudo o que sabemos sobre:
prisãohomicídiopastorigrejaRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.