Paulo Bernardo espera definir nesta 5a ajustes no Orçamento

O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo, afirmou que espera definir nesta quinta-feira os ajustes no Orçamento de 2009 por conta da queda da arrecadação.

REUTERS

25 de junho de 2009 | 18h15

Questionado se o governo poderia reduzir mais uma vez a meta fiscal, Paulo Bernardo disse à Reuters que "isso não está decidido".

O governo tem até o dia 20 de julho para preparar o próximo relatório de reprogramação de receitas e despesas para o ano, mas o ministro indicou que esse trabalho será antecipado. Pelo menos parte das mudanças será anunciada na próxima semana, quando o governo também planeja divulgar mais medidas de incentivo à economia.

Paulo Bernardo reúne-se nesta quinta-feira com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro da Fazenda, Guido Mantega, para tratar do Orçamento. A reunião da junta orçamentária ocorre mensalmente.

Em abril, o governo já reduziu a meta de superávit primário deste ano de 3,8 por cento para 2,5 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) diante da crise financeira global.

(Por Isabel Versiani)

Mais conteúdo sobre:
MACROORCAMENTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.