Paulo Teixeira é eleito vice-presidente na CPI do Cachoeira

O deputado Paulo Teixeira (SP), ex-líder do PT na Câmara, foi escolhido nesta terça-feira para ocupar a vice-presidência da CPI do Cachoeira sob protestos da oposição que queria que um dos seus membros fosse escolhido pelo presidente da comissão, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB).

REUTERS

29 Maio 2012 | 15h33

Atendendo a reivindicação da oposição, Vital do Rêgo abriu a possibilidade de inscrição de outro candidato, indicado pelo DEM e pelo PSDB.

O deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), por exemplo, disse que não era justo a CPI mista ser comandada apenas parlamentares da base aliada do governo e indicou o senador Pedro Taques (PDT-MT) para concorrer com Teixeira.

Contudo, o pedetista perdeu por 8 votos a 21 para o petista. Dois parlamentares anularam seu voto. A escolha do vice-presidente ocorre depois de mais de um mês de funcionamento da comissão.

Ainda nesta terça, a CPI deve analisar requerimentos de quebra de sigilos bancário, telefônico e fiscal da construtora Delta em nível nacional e do governador de Goiás Marconi Perillo (PSDB).

Também há disposição dos parlamentares para votação de requerimentos que convoquem os governadores Perillo, Agnelo Queiroz (PT-DF) e Sérgio Cabral (PMDB-RJ).

(Reportagem de Jeferson Ribeiro)

Mais conteúdo sobre:
POLITICA CPI VICE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.