PDT anuncia apoio a críticas à política indigenista

O PDT anunciou hoje, em nota oficial, sem mencionar o comandante militar da Amazônia, general Augusto Heleno, que apóia as críticas à política indigenista do governo. No comunicado, o partido defende "uma criteriosa revisão da política de demarcação de reservas indígenas, conciliando o direito constitucional dos índios, que conta com nosso apoio e reconhecimento, com o irrenunciável dever de defesa da soberania nacional e integridade territorial do Brasil".Assinada pelo presidente nacional da legenda, deputado Vieira da Cunha (RS), o texto diz ainda que a criação de reservas indígenas de grande extensão "pode facilitar a atuação de organizações criminosas, internacionais e atividades econômicas clandestinas, sem contar o risco de surgimento, no futuro, de movimentos separatistas danosos à integridade territorial do nosso país". As críticas de Heleno, em palestra no Clube Militar, quarta-feira, no Rio, tinham argumentos semelhantes. Mais cedo, Cunha defendeu-o, explicitamente.

EUGÊNIA LOPES, Agencia Estado

18 de abril de 2008 | 18h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.