Pequenos mundos de Jeanete Musatti

Livro abrange trajetória da artista paulistana desde os anos 1970, por meio de imagens e textos de diversos autores

Camila Molina, O Estadao de S.Paulo

11 Dezembro 2009 | 00h00

Pequenas grandezas - assim a crítica Ligia Canongia intitulou a obra da artista paulistana Jeanete Musatti. Desde a década de 1970, essa criadora vem fazendo uma obra poética, mas também, como bem define Ligia, uma armadilha para os espectadores: suas assemblages feitas com miniaturas de seres humanos, pedras e tantos objetos colecionados são "micromundos" particulares e simbólicos, em que temos sempre de nos debruçar para vê-los com o tempo da intimidade. E agora, mais um mergulho na delicadeza e arrebatamento da produção desta artista pode ser feito por meio do livro Jeanete Musatti, que a editora DBA lança hoje, a partir das 19 horas, na Livraria da Vila, nos Jardins.

É uma edição abrangente, que perpassa toda a trajetória de Jeanete, desde os anos 1970 até sua mais recente produção, apresentada ao público em São Paulo, no ano passado, na mostra Uma Exposição Dentro de Uma Exposição, na Galeria Nara Roesler. Organizado pela artista e pelo crítico e curador Ricardo Resende, o livro bilíngue é um misto de documentação e análise crítica da obra de Jeanete, reunindo uma seleção de textos de diferentes épocas assinados por Ligia Canongia (1983); Frederico Morais (1984); Aracy Amaral (1995); Jacques Leenhardt (1999); Francisco Faria (1999); Roberto Gambini (2002) e Olívio Tavares de Araújo (2006). Também se faz presente, de alguma maneira, na edição, citações ao livro Jeanete Musatti (editora Ex-Libris, 1991), do crítico Casimiro Xavier de Mendonça (1947-1992), referência sempre luminosa sobre a poética da artista.

Uma longa introdução é feita por Ricardo Resende, em texto no qual o crítico traça "três possibilidades de leitura" da obra da artista - pelas chaves do romantismo (a implicação da "tomada de posição sentimental frente à história da arte"), do surrealismo e da "fusão" dos dois movimentos, "amalgamados com os conhecimentos de Jeanete sobre a antroposofia". O livro, com grande quantidade de imagens das obras da artista, traz ainda depoimento de Jeanete, irmã dos colecionadores Adolpho e Horácio Leirner, concedido ao analista junguiano e escritor Roberto Gambini.

Serviço

Jeanete Musatti. Org. de Ricardo Resende e de Jeanete Musatti. Editora DBA. 304 págs. R$ 95. Livraria da Vila. Al. Lorena, 1.731, 3062-1643. Hoje, 19 h

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.