Perfil: Elisa Carrió

Elisa CarrióCoalizão Cívica

BBC Brasil, BBC

24 de outubro de 2007 | 11h00

Elisa CarrióCoalizão Cívica"O governo mostra corrupção de 100%", disse Elisa Carrió durante a campanha, referindo-se à gestão de Néstor Kirchner.Garante que terá um governo transparente e que reduzirá a diferença entre os ricos e os pobres.Apresenta-se como uma defensora dos valores republicanos que, segundo ela, se perderam durante o governo Kirchner.Conhecida por denunciar e enfrentar casos de corrupção, sua promessa de renovar a política teve impacto, principalmente nos últimos meses, quando vários escândalos afetaram o governo.Nasceu em 1956 em Resistencia, na província do Chaco, e vem de uma família de líderes radicais, rivais do movimento peronista.Formou-se em Direito na Universidade Nacional do Nordeste em 1978 e tem Doutorado em Direito Público na Universidade Nacional do Litoral. Foi deputada nacional pela província do Chaco de 1995 a 2003, ano em que virou a primeira candidata presidencial feminina na história da Argentina, obtendo cerca de 3 milhões de votos.É católica praticante e tem três filhos.Para seus admiradores é carismática e não se deixa subornar. Seus inimigos a classificam como autoritária e individualista, mas é inegável que Elisa Carrió, ou "Lilita", como é carinhosamente chamada, deve sua popularidade à sua trajetória contra a corrupção.Não conta com financiamento privado, mas também não tem um partido sólido que a sustente sem uma coalizão cívica.Identifica-se com uma imagem de esquerda, que não tem força no centro da Argentina, mas tem tentado combater esta percepção ao incluir em sua equipe pessoas de outros partidos, como o ex-presidente do Banco Central Alfonso Prat-Gay.Clique para ler o perfil de Cristina Fernández de Kirchner.Clique para ler o perfil de Roberto Lavagna.Clique para ler o perfil de Ricardo López Murphy.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.