BBC/Reprodução
BBC/Reprodução

Pescador fica amigo de crocodilo na Costa Rica

Homem salvou réptil da morte há vinte anos.

BBC Brasil, BBC

28 de setembro de 2010 | 08h21

Há 20 anos, o pescador Chito encontrou o crocodilo Pocho à beira da morte em um rio na Costa Rica. Hoje, são amigos praticamente inseparáveis.

Chito faz shows para turistas, nos quais conversa e brinca com o perigoso réptil de mais de cinco metros de comprimento como se fosse com um cão de estimação.

De acordo com o pescador, há duas décadas, mesmo contra a vontade do irmão, ele alimentou e tratou do animal ferido, que passou a não aceitar comida de mais ninguém.

Hoje, Chito conta que até dorme ao lado do bicho.

No início, ele ainda teria tentado soltar Pocho no rio, mas o animal sempre voltava.

Há quatro anos, amigos, impressionados com o relacionamento entre o pescador e o crocodilo, sugeriram que ele iniciasse essas apresentações para o público.

A ideia deu certo e hoje atrai turistas de vários países.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.