Pesquisa indica conexão entre piscina fechada e asma

Crianças que usam piscinas fechadas podem estar correndo riscos maiores de desenvolver asma, diz uma pesquisa. O estudo feito na Bélgica revelou que os índices de asma e chiado no peito aumentam entre 2% e 3% para cada piscina disponível para uso da comunidade.Os pesquisadores acreditam que a raiz do problema esteja na exposição ao cloro, usado para manter piscinas limpas. A pesquisa, da Universidade Católica de Louvai, foi publicada na revista Occupational and Environmental Medicine. Eles recomendam que os efeitos a longo prazo do cloro na saúde respiratória das crianças sejam avaliados, que o uso do cloro seja controlado e que piscinas sejam adequadamente ventiladas.Há três anos, um outro estudo publicado pela mesma equipe trouxe evidências de que o cloro nas piscinas pode reagir com o suor e a urina, criando gases tóxicos que podem danificar os pulmões.Eles descobriram que crianças que freqüentam piscinas cobertas acumulam proteínas que, em altas quantidades, danificam as células do pulmão.No estudo recente, os cientistas analisaram índices de chiado, asma, rinite alérgica, eczema e outras alergias entre 190 mil adolescentes com idades entre 13 e 14 anos em 21 países da Europa. Depois, os pesquisadores compararam os índices com o número de piscinas cobertas em cada um dos países. Na Europa Ocidental, existe em média uma piscina para cada 50 mil habitantes. A proporção cai para uma em 300 mil habitantes na Europa Oriental.Os cientistas verificaram que, mesmo levando-se em consideração fatores como riqueza, clima e altitude, parece existir uma forte conexão entre a incidência de asma e outras doenças e o acesso a piscinas fechadas.O índice de chiado subiu 3,39% para cada piscina clorada coberta adicional, enquanto o índice de asma subiu 2,73% para cada outra piscina disponível."Nadar é uma forma excelente de exercício para crianças com asma", disse uma porta-voz da entidade beneficente Asthma UK. "Nós reconhecemos, no entanto, que os produtos químicos presentes nas piscinas cloradas podem irritar as vias respiratórias e é preciso mais pesquisas para que essa conexão possa ser compreendida".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.