Pesquisa liga depressão a obesidade

Os gordos não são mais alegres que as outras pessoas, de acordo com um estudo que descobriu uma forte ligação entre obesidade, depressão e outros problemas. Se a obesidade é causa ou conseqüência dos distúrbios não está claro, e há teorias que apóiam ambas as conclusões.Depressão muitas vezes leva as pessoas a abandonar suas atividades, e alguns medicamentos usados no tratamento da doença podem levar ao ganho de peso. Mas a obesidade também pode ser vista como um estigma social, transformando as pessoas em vítimas de piadas e outros comportamentos negativos.O estudo, de mais de 9.000 adultos, descobriu que distúrbios emocionais e ansiedade, incluindo depressão, são 25% mais comuns nas pessoas obesas estudadas do que nas não obesas. A exceção foi o abuso de substâncias: pessoas obesas tinham 25% menos probabilidade de abusar de drogas ou álcool do que os voluntários magros.Os resultados aparecem na edição de julho de Archives of General Psychiatry. O autor principal é GregorySimon, pesquisador da Group Health Cooperative, um plano de saúde sem fins lucrativos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.