Pesquisa liga obesidade masculina à infertilidade

Homens com elevado índice de massa corporal têm uma chance muito maior de sofrer de infertilidade do que homens de peso normal, de acordo com pesquisa conduzida por um dos Institutos Nacionais de Saúde (NHS) do governo dos Estados Unidos. "Os dados sugerem que um aumento de 10 quilos no peso do homem aumenta a chance de infertilidade em 10%", diz Markku Sallmen, principal autor do artigo que descreve o estudo.Os pesquisadores estudaram casais envolvidos no Estudo de Saúde Agrícola, um projeto que teve início em 1993 e que examinou os fatores que afetam a saúde de fazendeiros e famílias em comunidades rurais. "Mulheres que têm sobrepeso ou são obesas têm mais dificuldade em engravidar, mas ainda não se tinha estudado se os homens mais pesados tinham problemas de fertilidade", diz a epidemiologista Donna Baird, que participou do estudo. Os dados sobre infertilidade e massa corporal vieram de questionários que 1.468 fazendeiros, e suas mulheres, preencheram ao aderir ao estudo. As mulheres preencheram o questionário de saúde familiar, que incluía a história reprodutiva do casal. Os homens informaram o peso e altura num questionário em separado. A análise sobre fertilidade foi restrita aos casais que haviam tentado engravidar nos quatro anos anteriores, e às mulheres com menos de 40 anos.A pesquisa mostrou que o índice de massa corporal masculino era um fator de risco independente para infertilidade. Mesmo depois de descontar outros fatores como peso da mulher, idade, consumo de álcool e tabaco e exposição a pesticidas, a infertilidade do casal aumentava com o índice de massa corporal do marido.

Agencia Estado,

31 de agosto de 2006 | 18h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.