Pesquisadores recuperam a juventude de células adultas

Uma das maiores questões na biologia de células-tronco é como o processo de clonagem consegue reverter o relógio das células maduras, reajustando-as a seu potencial embrionário. Idealmente, os pesquisadores gostariam de achar uma maneira de converter as células adultas diretamente em células-tronco embrionárias (ES) - sem ter que criar um embrião. Em um encontro da Sociedade Internacional para a Pesquisa de Células-tronco, Shinya Yamanaka, da Universidade de Kyoto, no Japão, reportou que aumentar a atividade de apenas quatro genes pode, aparentemente, transformar células de pele de rato em células que se assemelham a células ES, de acordo com o website ScienceNOW, na revista Science.. Yamanaka e seus colegas estudaram se os fatores que dão às células ES suas propriedades únicas podem também ser capazes de reprogramar células adultas para se comportarem como ES. Eles identificaram 24 genes que são especificamente expressos em células ES de ratos, e usaram vetores virais para introduzir cópias extras desses genes nas células epidérmicas tiradas das caudas dos animais. Quando inseriram cópias extras de todos os 24 genes, eles descobriram que um pequena porcentagem das células que receberam os genes pareceram realmente tomar as características de células ES. Mas nenhum gene, introduzido sozinho, conseguiu realizar a transformação.Através de um processo de eliminação, a equipe selecionou os candidatos até chegar a um grupo de apenas quatro genes que, quando introduzidos juntos nas células de rato, poderiam produzir colônias de células semelhantes às ES. As células semelhantes às ES produzidas pelo grupo com a introdução dos quatro genes aparentaram possuir quase todas as propriedades-chave das células ES derivadas de embriões. Yamanaka disse que sua equipe ainda não tentou a técnica com células humanas. Devido às diferenças entre o desenvolvimento de embriões de ratos e humanos, ele disse, é possível que um série diferente de genes seja necessária para reprogramar as células humanas.

Agencia Estado,

04 de julho de 2006 | 19h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.