Petkovic joga no sacrifício contra Santos, no Maracanã

Depois de ver interrompida a série de dez rodadas de invencibilidade com a derrota para o Barueri, na quarta-feira, o Flamengo tenta iniciar outra sequência de triunfos hoje, contra o Santos, às 18h30, no Maracanã. Para isso, conta com o retorno de Petkovic, que participou do treino de ontem e está escalado.

, O Estadao de S.Paulo

31 Outubro 2009 | 00h00

"Ele foi liberado pelos médicos e vai para o jogo", adiantou o técnico Andrade, aliviado por ter de volta o maestro do time.

A seis pontos do líder Palmeiras, o Rubro-Negro fala primeiro em entrar no grupo dos quatro primeiros - está a um ponto do Internacional -, para depois pensar no 6º título brasileiro.

"Precisamos ter equilíbrio daqui até o fim do campeonato. Quem conseguir isso será o campeão", ressaltou o goleiro Bruno, que pediu aos torcedores que mantenham o apoio ao time, apesar do tropeço do meio de semana. E ele será atendido. Quase 54 mil ingressos foram vendidos antecipadamente. A expectativa é de que pelo menos 70 mil torcedores empurrem a equipe a mais uma vitória.

Mesmo com a liberação, Petkovic ainda sente dores musculares na coxa direita e jogará no sacrifício, por conta da importância do confronto.

Já o Santos tem fortes motivos para acreditar que poderá surpreender o Flamengo no Maracanã. O principal é o seu bom índice de aproveitamento como visitante, com quatro vitórias e seis empates, em 16 jogos, enquanto em casa venceu seis, empatou seis e perdeu quatro.

O principal problema de Vanderlei Luxemburgo vai ser encontrar o substituto de Kleber Pereira. O atacante recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Atlético-PR e cumprirá suspensão. O mais provável é que ele escale André.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.