Petrobras confirma mais uma morte em acidente de helicóptero

Ao todo, já são quatro os mortos e uma pessoa segue desaparecida; os trabalhos de buscas continuam

Mônica Ciarelli, Agencia Estado

28 Fevereiro 2008 | 13h38

A Petrobras confirmou, nesta quinta-feira, 28, que foi localizado mais um corpo de um dos desaparecidos no acidente com um helicóptero que prestava serviços, na tarde de terça-feira, à estatal. Com a confirmação, sobe para quatro o número oficial de mortos no acidente. Uma pessoa ainda está desaparecida.   Dos 20 passageiros e tripulantes, 15 foram resgatados com vida. O diretor de Exploração e Produção da Petrobras, Guilherme Estrella, e gerentes da área, visitaram nesta quinta os passageiros que se encontram no Hospital da Unimed, em Macaé (RJ).   Além disso,  a Petrobras confirmou que foram reconhecidos os corpos de dois passageiros do helicóptero Super Puma 12, da empresa BHS, que caiu na Bacia de Campos. Os parentes reconheceram os corpos de Durval Barros da Silva, da empresa De Nadai Serviços de Alimentação, e Adinoelson Simas Gomes, empregado da Petrobras.   Os corpos foram retirados do interior da aeronave, no fundo do mar, a 820 metros de profundidade, por robôs submarinos. A empresa informou ainda que continua o processo de busca e identificação dos desaparecidos Paulo Roberto Veloso Calmon, piloto do helicóptero da empresa BHS, e Guaraci Novaes Soares, da empresa De Nadai Serviços de Alimentação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.