Petrobras vai investir US$224,7 bi entre 2011 e 2015

A Petrobras anunciou na noite de sexta-feira seu esperado plano de negócios de 2011 a 2015 --após duas versões anteriores terem sido rejeitadas pelo conselho de administração da empresa-- prevendo um total de investimentos de 224,7 bilhões de dólares, praticamente estável ante o plano anterior, de 224 bilhões de dólares.

REUTERS

22 de julho de 2011 | 21h01

A estatal informou que reduziu a previsão de gastos em refino e elevou a estimativa de investimentos em exploração e produção, movimento que vai ao encontro dos desejos de investidores e que pode ter reflexo positivo para as ações da petroleira.

A área de Exploração e Produção vai receber 127,5 bilhões de dólares, ante 118,8 bilhões de dólares previstos no plano anterior. Já o setor de refino, comercialização e transporte vai receber 70,6 bilhões de dólares, contra 73,6 bilhões de dólares no plano anterior.

A estatal ressaltou que o atual plano não prevê emissão de ações e apenas endividamento, em uma faixa anual entre 7 e 12 bilhões de dólares, dependendo do cenário mundial.

Pela primeira vez a empresa --que teve o pedido do conselho para manter os investimentos próximos do nível do plano anterior-- anunciou que fará desinvestimentos no valor de 13,6 bilhões de dólares.

A meta de produção para 2015 foi elevada para 3,993 milhões de barris de óleo equivalente/dia. A meta de produção de petróleo este ano no entanto foi mantida em 2,1 milhões de bpd.

A empresa aumentou também a perspectiva de investimentos em biocombustíveis, de 3,5 bilhões de dólares para 4,1 bilhões de dólares.

(Reportagem de Denise Luna)

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIAPETROBRASPLANO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.