Peugeot-Citroen investe R$3,7 bi para dobrar produção no Brasil

A PSA Peugeot-Citroen vai investir 3,7 bilhões de reais no Brasil até 2015 para dobrar a produção de veículos no país, anunciou nesta quarta-feira um executivo da montadora, ao lado do ministro do Desenvolvimento, Fernando Pimentel e do governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral.

REUTERS

26 de outubro de 2011 | 19h39

"O objetivo é elevar nossa capacidade de produção, de 140 mil para 300 mil veículos por ano", afirmou o presidente da montadora para a América Latina, Carlos Gomes, a jornalistas.

De acordo com o executivo, a capacidade de produção de motores da companhia no país também subirá, das atuais 280 mil unidades por ano, para 400 mil.

"Vamos lançar oito novos produtos no Brasil e também aumentar nossa rede de concessionárias", disse Gomes, que evitou comentar se o investimento anunciado tem alguma relação com o aumento de 30 pontos percentuais do IPI sobre automóveis importados, anunciada em setembro pelo governo brasileiro.

No começo do mês, a japonesa Nissan --que integra uma aliança com a francesa Renault, principal rival da PSA-- anunciou a construção de uma nova fábrica de automóveis em Resende (RJ). Na semana passada foi a vez do anúncio de investimento de 1 bilhão de reais também no município de Resende, pela fabricante de caminhões MAN Latin América.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

Mais conteúdo sobre:
AUTOSPEUGEOTINVEST*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.