Pezão tem plano pronto para novas UPPs em 2015

O governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) disse, nesta segunda-feira, 12, que deixará plano pronto de ocupação de favelas para novas unidades de polícia pacificadoras e também de contratação de policiais militares necessários para cada uma delas para ser implementado por ele, caso seja eleito, ou pelo próximo governador. Pezão também anunciou a construção da Cidade da Polícia Militar no terreno do antigo 24.º Batalhão de Infantaria Blindada do Exército, na Maré. Orçado em R$ 220 milhões, a licitação já foi aprovada pelo Tribunal de Contas do Estado e, segundo Pezão, as obras deverão começar até o fim deste semestre.

MARCELO GOMES, Agência Estado

12 de maio de 2014 | 16h13

"A Cidade da Polícia Militar vai abrigar todos os batalhões especializados como Bope e Choque. Isso vai possibilitar que o efetivo do Bope dobre dos atuais 400 para 800 policiais", disse Pezão ao participar de um almoço promovido pelo Grupo Líderes Empresariais do Rio (Lide-Rio), num hotel na zona sul do Rio. A construção da Cidade da PM foi anunciada pelo ex-governador Sérgio Cabral em 2011. A previsão era de que a transferência dos batalhões já estaria concluída em 2014.

Pezão elogiou o trabalho do secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, que segundo ele acabou com a interferência política em batalhões da PM e delegacias da Polícia Civil. O governador também destacou a importância da terceirização das frotas das duas polícias feita pelo seu antecessor, Sérgio Cabral. Segundo ele, a mudança garantiu maior rapidez na substituição de carros avariados.

"A segurança foi fundamental para essa retomada do Rio de Janeiro. Em 2007, eu entrava no Alemão, em Manguinhos, e na Rocinha, comunidades enormes, com mais habitantes que a minha cidade de Piraí (sul fluminense), onde não havia um só policial, delegacia, sequer ruas para a entrada dos carros da polícia, mas também dos Bombeiros e de outros serviços públicos", discursou o governador. "Ficar em blog, criticando, é mole. Quero ver fazer o que a gente fez na área de segurança", afirmou Pezão, numa referência velada ao ex-governador Anthony Garotinho (PR), que será seu adversário na próxima eleição. Ele foi bastante aplaudido pelos empresários nesse momento.

Tudo o que sabemos sobre:
UPPsPezão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.