PF desarticula tráfico de animais no Sul

A Polícia Federal cumpriu ontem oito mandados de prisão preventiva contra participantes de uma organização especializada no tráfico de animais silvestres, durante uma operação denominada Pampa Verde.

ELDER OGLIARI , CORRESPONDENTE / PORTO ALEGRE, O Estado de S.Paulo

17 de outubro de 2012 | 03h04

Iniciadas há seis meses, as investigações mostraram que uma família uruguaia e um casal de gaúchos, residentes em Porto Alegre, comandavam o esquema, que envolvia também catadores de animais espalhados pelo Rio Grande do Sul, um cativeiro de aves em Montevidéu e transportadores.

Pássaros de diversas espécies e tartarugas-tigre-d'água eram levados em veículos comuns para serem entregues por toda a Região Sul do País, o interior de São Paulo, o Uruguai e a Argentina.

Durante a investigação e a operação de ontem foram apreendidos cerca de 600 espécimes de animais. As prisões ocorreram em Porto Alegre, Alvorada, Barão e Dom Pedrito, todos no Rio Grande do Sul, e em Piracicaba, em São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.