PF descobre esquema de fraude contra INSS no RS

A Polícia Federal desmontou uma organização especializada em fraudar o INSS, nesta quinta-feira, 29, no Rio Grande do Sul. A investigação descobriu que um grupo formado por advogados, contadores e despachantes inseria dados falsos no sistema da Previdência, como registro de vínculo empregatício de trabalhador aliciado para o esquema com empresa fictícia. Em outra etapa, os envolvidos requeriam e obtinham benefícios como auxílio-doença e aposentadoria por tempo de contribuição. Uma estimativa inicial indica que foram desviados cerca de R$ 3 milhões.

ELDER OGLIARI, Estadão Conteúdo

30 de outubro de 2014 | 19h59

Os policiais cumpriram seis mandados de prisão preventiva e 20 de busca e apreensão, nos quais recolheram 14 computadores, 32 carteiras de trabalho, 13 livros contábeis, 56 caixas de documentos e um revólver, nos municípios de Santa Maria, São Martinho da Serra, Viamão, Cidreira, Osório e Porto Alegre. Doze pessoas foram conduzidas coercitivamente para a delegacia de Santa Maria e, depois de prestarem depoimento, foram liberadas.

Mais conteúdo sobre:
operaçãoPFINSSRS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.