PF fecha destilaria clandestina na fronteira

Uma operação conjunta da Polícia Federal (PF), Receita Federal e Polícia Militar (PM) fechou uma destilaria clandestina hoje em Santana do Livramento (RS), na fronteira com o Uruguai. A "fábrica" funcionava em um prédio que mantinha a fachada de uma pensão e operava em condições precárias. Mesmo assim, a bebida era engarrafada como se fosse uísque escocês e vendida nas ruas da cidade por alguns camelôs.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

18 de janeiro de 2012 | 18h31

Cinco pessoas, inclusive dois vendedores, foram conduzidos à delegacia da PF e autuados em flagrante. Se forem processados e condenados, poderão pegar penas de quatro a oito anos de reclusão. Santana do Livramento recebe grande fluxo de turistas que vão às compras nos free-shops de Rivera, no Uruguai. A linha da fronteira passa no meio das duas cidades.

Tudo o que sabemos sobre:
políciadestilaria clandestina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.