PF prende 5 por produção de mídias falsificadas no RS

Cinco pessoas foram presas em flagrante durante a Operação Sentinela da Polícia Federal, em Santana do Livramento, no Rio Grande do Sul, nesta quarta-feira, 5. Também foram cumpridos três mandados de busca e apreensão com o objetivo de combater a produção e comércio de CDs e DVDs falsificados.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

05 de outubro de 2011 | 13h13

Nos locais de busca, foi confirmada a existência de três fábricas de CDs e DVDs piratas. Foram apreendidos mais de oito mil mídias falsificadas, 3.300 mídias virgens, nove impressoras, quatro computadores, sete torres gravadoras com seis unidades de produção de cópias cada uma, tintas de recarga de cartuchos, além de matrizes para extração de cópias e material impresso, pronto para embalagem das mídias.

Segundo a PF, a mercadoria produzida seria distribuída em cidades da região, inclusive no Uruguai e também destinada à comercialização na Praça Flores da Cunha, conhecida como a "Praça dos Cachorros", situada na linha divisória. A Operação Sentinela é uma intensificação do controle, fiscalização e inteligência policial na faixa de fronteira do Brasil com países vizinhos e tem por objetivo a prevenção e repressão de crimes transnacionais.

Mais conteúdo sobre:
PFOperação SentinelaRS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.