PF: traficante permanece no Paraguai até o dia 24

A Polícia Federal (PF) informou que o traficante Alexander Mendes da Silva, o Polegar, de 37 anos, permanecerá preso pelo menos até segunda-feira, 24, na sede da Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai, na cidade de Pedro Juan Caballero. A Justiça paraguaia deve se pronunciar sobre o indiciamento de Polegar pelo crime de uso de documento falso até quarta-feira.

PEDRO DANTAS, Agência Estado

20 Outubro 2011 | 14h11

O traficante pode ser expulso ou condenado a cumprir pena naquele país. A PF informou ainda que o laudo técnico com exame papiloscópico confirmou a identidade do ex-chefe do tráfico no Morro da Mangueira e foi entregue à Justiça do Paraguai na manhã de hoje.

Mais conteúdo sobre:
políticapolegarprisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.