Pfizer paga US$250 mi a AstraZeneca por direitos de medicamento

A Pfizer disse que pagará cerca de 250 milhões de dólares para obter acesso a direitos globais exclusivos para a versão sem prescrição médica do remédio de azia Nexium, da AstraZeneca.

Reuters

13 de agosto de 2012 | 19h54

A AstraZeneca, que continuará a produzir e comercializar a versão sob prescrição médica do Nexium, será elegível para conseguir pagamentos de direitos da Pfizer baseados no lançamento e nas vendas do medicamento.

A AstraZeneca também abastecerá a Pfizer com a versão sem prescrição médica do Nexium, sob aprovação de marketing.

As empresas disseram também vão explorar o potencial para uma parceria estratégica, que pode incluir acordos semelhantes para as marcas sob prescrição da AstraZeneca para as quais versões sem prescrição podem ser apropriadas.

A Pfizer reduziu sua previsão de lucro do ano para entre 2,12 e 2,22 dólares por ação, ante estimativa anterior de 2,14 e 2,24 dólares.

Em média, analistas esperam que a gigante farmacêutica tenha lucro de 2,22 dólares por ação, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

(Por Zeba Siddiqui em Bangalore)

Mais conteúdo sobre:
PFIZERDIREITOSLEGAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.