Piratas somalis libertam refém britânica, dizem testemunhas

Piratas somalis libertaram a refém britânica Judith Tebbutt que havia sido sequestrada no vizinho Quênia em setembro, disseram testemunhas e uma autoridade regional nesta quarta-feira.

REUTERS

21 Março 2012 | 07h31

"Após os esforços de hoje (quarta-feira), tivemos sucesso na libertação da mulher britânica. Ela acabou de sair do aeroporto de Adado para Nairóbi", disse à Reuters Omar Mohammed Diirey, autoridade regional de Adado, no centro da Somália.

Duas testemunhas disseram que viram Tebbutt embarcando em um avião que deixou o aeroporto de Adado.

(Reportagem de Mohammed Ahmed)

Mais conteúdo sobre:
SOMALIA PIRATAS LIBERTAM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.