Placa vai detectar excesso de altura de cargas em SP

O engenheiro da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) Sun Hsien Ming apresentou nesta terça-feira, 25, na Universidade de São Paulo (USP) um plano para a instalação de 47 detectores de altura com o objetivo de evitar que caminhões fiquem presos sob pontes ou túneis. Esses aparelhos estarão integrados à Central Integrada de Mobilidade Urbana (Cimu), que deve ser finalizada em 2015.

Agência Estado

26 Junho 2013 | 09h01

Os equipamentos identificariam os veículos e alertariam os motoristas por meio de mensagens sonoras e visuais. Se um caminhão for mais alto do que deveria, quando trafegar numa faixa antes de passar sob a ponte, um painel eletrônico exibirá a placa e emitirá um alarme, direcionado para aquela faixa de rolamento. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.