Planeta

Produtor de orgânicos é homenageado no Japão

, O Estado de S.Paulo

13 de dezembro de 2010 | 00h00

A produção de açúcar dentro dos preceitos orgânicos - sem agrotóxicos e sem queimar a cana-de-açúcar antes da colheita - levou o Grupo Balbo, dono da marca de orgânicos Native, a ser a única empresa brasileira homenageada na cerimônia de encerramento do Ano Internacional da Biodiversidade, que será realizada nos dias 18 e 19 em Kanazawa, na província de Ishikawa, no Japão.

No evento serão apresentados os resultados referentes à 10.ª Reunião da Convenção sobre Diversidade Biológica (COP-10), ocorrida em outubro. O diretor comercial do Grupo Balbo, Leontino Balbo Junior, foi convidado pelo ministro do Meio Ambiente do Japão, Ryu Matsumoto, para participar.

Pelos direitos dos animais

Ativistas protestam em Madrid segurando animais mortos, descartados pelas fazendas de criação.

TRÊS GARGANTAS

Chineses tiram 78 mil t de lixo de hidrelétrica

Equipes de limpeza retiraram 78 mil toneladas de lixo da barragem da hidrelétrica de Três Gargantas, a maior do mundo, localizada no Rio Yang-Tsé, na China. Neste ano, o rio atingiu o maior volume de águas, e o excesso de lixo estava prejudicando a navegação na represa. Segundo a agência de notícias oficial chinesa, este ano a quantidade de lixo cresceu 60% em relação a 2009.

FAUNA

Leão passa bem após cirurgia de medula

O leão Ariel, de 3 anos, passou por cirurgia no Hospital Veterinário da Universidade Guarulhos. O felino, que vive em cativeiro em Maringá (PR), não consegue mexer as patas traseiras por causa de um problema na medula. O veterinário Luis Arthur Giuffrida, responsável pela cirurgia, conta que foi feita a descompressão da medula. /ANDREA VIALLI

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.