Planeta

Poluição do ar provoca mais ataques cardíacos que cocaína

, O Estado de S.Paulo

25 de fevereiro de 2011 | 00h00

A poluição do ar provoca mais ataques cardíacos que o uso de cocaína, segundo pesquisadores que publicaram estudo na revista The Lancet. De acordo com a pesquisa, sexo, raiva, uso de maconha e infecções respiratórias também podem provocar ataques cardíacos em diferentes graus, mas a poluição do ar, especialmente no tráfego pesado, é o principal culpado.

Os resultados sugerem que fatores que afetam a população em geral, como o ar poluído das cidades, devem ser levados mais a sério quando se analisam os riscos para o coração. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que ocorram cerca de 2 milhões de mortes prematuras por ano em todo o mundo por causa da poluição do ar.

O líder do estudo, Tim Nawrot, da Universidade de Hasselt (Bélgica), espera que a descoberta encoraje os médicos a pensarem com mais frequência sobre os riscos que afetam toda a população. "Os médicos estão sempre olhando para pacientes individualmente, e fatores de risco baixo podem não parecer importante num nível individual, mas se eles são prevalentes na população, então têm uma relevância maior para a saúde pública."

ALUMÍNIO

Empresa expande reciclagem em 33%

Começou a funcionar o novo forno de reciclagem de alumínio da Novelis, em Pindamonhangaba (SP). A empresa aumentará em 33% a capacidade para reciclar a sucata.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.