'Planeta não pode esperar até uma Rio+30 para agir'

O Brasil tem uma "obrigação moral" de levar a Rio+20 a resultados significativos, segundo um artigo publicado na revista Nature por três pesquisadores brasileiros da ONG Conservação Internacional. Eles argumentam que o País está em condições ótimas de liderar as negociações na conferência, com uma economia estável, setor empresarial forte, recursos humanos de qualidade e recursos naturais abundantes.

O Estado de S.Paulo

07 de junho de 2012 | 04h20

"O Brasil precisa ser pró-ativo e assumir um compromisso próprio de desenvolvimento sustentável, baseado na economia verde. Com isso, poderá atrair investimentos e incentivar outros países a seguir o mesmo caminho", disse ao Estado um dos autores, Fabio Scarano. Apesar das modificações no Código Florestal e outras questões problemáticas, ele acha que o Brasil chega à Rio+20 com um saldo positivo de ações pela sustentabilidade.

"O planeta não pode esperar até uma Rio+30 para agir", conclui o artigo. / H.E.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.