PM confirma 6ª vítima fatal em chacina de Osasco-SP

A Polícia Militar (PM) confirmou a morte da sexta vítima da chacina que ocorreu no início da madrugada de hoje na Favela do Jardim Padroeira 2, em Osasco, município da Grande São Paulo. Um jovem de 17 anos, que passava por cirurgia Hospital Municipal Antônio Giglio, não conseguiu resistir aos ferimentos. José Rodivone Assunção de Santana Sobrinho, de 26 anos, está internado no Hospital Regional da cidade. Esta é a terceira chacina do ano na Região Metropolitana da capital paulista. Não há informações sobre a motivação e os autores do crime."Os vizinhos só disseram que ouviram os estampidos", disse o investigador do Setor de Homicídios de Osasco Ivan Carlos. Ele afirmou que as vítimas foram atingidas no tórax e na cabeça, aparentemente a curta distância, e que provavelmente estavam andando pela viela onde ocorreu o crime no momento em que foram baleadas. Dezessete cápsulas de pistola calibre 380 foram apreendidas. O investigador disse que, caso alguma testemunha tenha informações sobre a chacina, deve fazer uma denúncia anônima por meio do telefone 181. Foram mortos Camila Safira Lemos da Silva, de 25 anos, José Marcos da Silva, de 34, e um segundo homem, ainda não identificado, mas que conforme vizinhos se chamaria Marcelo. Um estudante de 15 anos e o jovem de 17 chegaram a ser socorridos, mas morreram no Hospital Municipal Antônio Giglio. Um homem, ainda sem identificação, foi levado ao Pronto-Socorro Pestana mas também não resistiu.As investigações devem ser feitas pelo setor de Homicídios de Osasco e pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O caso foi registrado no 1º Distrito Policial (DP) de Osasco.

DANIELA DO CANTO E RICARDO VALOTA, Agencia Estado

23 Janeiro 2009 | 10h22

Mais conteúdo sobre:
crimechacinaPMOsascoSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.