PM contém protesto de moradores de favela em SP

Os policiais militares e da Tropa de Choque conseguiram conter por volta das 9 horas de hoje o protesto de moradores da favela localizada na Rua Ana Aslan, no Capão Redondo, zona sul de São Paulo, e já começaram a reintegração de posse do terreno, informou a Polícia Militar (PM). Após atearem fogo em lixo nas ruas da região para bloquear o acesso dos policiais e em alguns dos barracos, as cerca de duas mil pessoas que ocuparam o terreno da Viação Campo Limpo em 2007 começaram a retirar seus pertences.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

24 Agosto 2009 | 12h12

Dez equipes do Corpo de Bombeiros e um helicóptero Águia, do Grupamento Aéreo da Polícia Militar, foram deslocados para o local, dando apoio os PMs. Segundo a Eletropaulo, a luz foi desligada no entorno da favela por medida de segurança, para evitar que o fogo colocado nas ruas e nos barracos atinja a fiação da rede elétrica e provoque alguma explosão.

Mais conteúdo sobre:
moradiareitegraçãoPMfavelaSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.