PM estoura central de CDs E DVDs piratas

Uma denúncia anônima sobre tráfico de drogas levou policiais militares da Força Tática do 41º Batalhão a estourar, por volta das 19 horas de ontem, uma casa onde funcionava uma central de pirataria de CDs e DVDs em Santo André, no ABC paulista.

DANIELA DO CANTO E RICARDO VALOTA, Agencia Estado

08 Julho 2009 | 00h16

Um dos acusados pelo negócio ilegal, Edilson José da Silva, de 40 anos, foi abordado pelos policiais em frente ao imóvel. Após um breve bate-papo com os policiais, José levou os PMs até o interior da casa, onde foram apreendidos mais de 10 mil DVDs pirateados, cerca de 13 mil capas de filmes, 500 mídias virgens e 152 matrizes de filmes.

Também foi presa dentro da casa Sueli Amélia da Silva, de 22 anos, esposa de Edilson. O casal confessou comandar a pirataria há pelo menos 1 ano e 1 mês. O casal e todos os objetos apreendidos foram encaminhados ao 1º Distrito Policial de Santo André, onde Sueli e Edilson acabaram autuados em flagrante.

Mais conteúdo sobre:
crimepirataria

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.