PM mata 2 bandidos em troca de tiros em Campinas

A Polícia Militar trocou tiros com assaltantes que roubavam caixas eletrônicos em duas agências de Campinas, na madrugada desta quarta-feira, matou dois criminosos, prendeu outros dois e pelo menos seis fugiram. Os assaltantes ainda deixaram para trás uma dinamite, que foi retirada da frente da agência pelo grupo antibombas da polícia.

RICARDO BRANDT, Agência Estado

12 Dezembro 2012 | 17h38

A ação na cidade do interior paulista ocorreu um dia depois de outra quadrilha especializada em assaltar caixas eletrônicos ser presa pela Polícia Civil na região. Entre eles, foram presos um policial militar e dois guardas civis municipais, que forjavam ocorrências para desviar o patrulhamento dos locais dos ataques.

Segundo a PM, policiais chegaram ao local, uma avenida no bairro Jardim do Trevo, quando os assaltantes já haviam estourado os caixas eletrônicos em um dos bancos e se preparavam para roubar a segunda agência.

Houve troca de tiros e dois assaltantes foram baleados e levados ao Hospital Municipal Dr. Mário Gatti, mas chegaram mortos, conforme o registro da polícia. Outros dois assaltantes, que estavam escondidos em uma madeireira, ao lado das agências, foram presos. Pelo menos outros seis assaltantes conseguiram fugir.

Na fuga, os criminosos deixaram uma dinamite no chão, do lado de fora da agência. O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), da PM, retirou o artefato. Foram apreendidos R$ 23 mil em dinheiro, uma pistola, uma metralhadora, um revólver calibre 38, um colete à prova de balas e um maçarico.

Mais conteúdo sobre:
assalto morte Campinas SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.