PM mata suspeito e prende 4 após roubos na Grande SP

Um bandido foi morto, quatro foram presos e um adolescente de 17 anos foi apreendido durante uma troca de tiros com a Polícia Militar (PM) em Guarulhos, na Grande São Paulo, na noite de ontem. Segundo a corporação, a quadrilha havia acabado de realizar uma sequência de três roubos antes de ser presa.

DANIELA DO CANTO, Agencia Estado

08 de maio de 2009 | 07h35

Conforme informações da PM, no início da noite sete homens roubaram um carro na Vila Galvão. Em seguida, eles foram até uma padaria na Vila Capitão Rabelo. Lá, eles recolheram dinheiro do caixa e os pertences de clientes. Depois do roubo, o grupo abandonou o carro no Jardim Tranquilidade e seguiu a pé. No bairro Cidade Brasil, o grupo rendeu um homem que chegava em casa e roubou dois veículos da vítima.

Depois, quando chegaram no Jardim Vila Galvão, os criminosos se depararam com uma viatura da Força Tática do 15º Batalhão, que já tinha sido avisada dos roubos. Houve troca de tiros. Os integrantes do carro tentaram fugir de ré, mas bateram no portão de uma residência. O motorista perdeu o controle, se chocou contra a mureta de uma praça e só parou cerca de 20 metros adiante.

Dois suspeitos foram baleados. Eles foram levados ao Hospital Padre Bento, em Guarulhos. Willian Calixto de Jesus Santos não resistiu aos ferimentos e morreu em seguida. Diego Pheritano de França foi medicado, teve alta e foi preso. Os outros três presos - Jéferson Antônio Alves de Andrade, Edivan Marcondes da Silva e Diogo de Carvalho Santos - e o adolescente apreendido foram levados ao 2º Distrito Policial (DP) de Guarulhos, onde o caso foi registrado. Segundo a PM, foram apreendidos três revólveres com os suspeitos.

Tudo o que sabemos sobre:
crimerouboprisãoGuarulhosSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.