PM prende suposta quadrilha da 'marcha à ré' em SP

Bandidos foram detidos em flagrante enquanto assaltavam loja na zona leste da cidade

Solange Spigliatti, estadao.com.br

21 Janeiro 2009 | 07h51

Nove pessoas foram presas na madrugada desta terça, quando tentavam assaltar uma loja de artigos esportivos no Parque São Lucas, zona leste de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, o bando é suspeito de pertencer à "quadrilha da marcha à ré". De acordo com informações da PM, por volta das 4h30, os policiais militares da 3ª Companhia do 21º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano estavam atendendo a uma ocorrência de acidente de trânsito quando ouviram um barulho, como se fosse um outro acidente. Os bandidos utilizaram dois automóveis para arrombar a porta da loja Radical Brasil Surf Skate Shop e estavam carregando os produtos da loja para os carros quando os policiais chegaram. Os assaltantes, ao perceberem a aproximação dos policiais, tentaram fugir. Outras equipes da PM ajudaram a fazer o cerco, conseguindo prender os assaltantes. O caso foi registrado no 42º Distrito Policial.

Mais conteúdo sobre:
crimeassaltomarcha à réSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.