PM resgata família perdida com bebê em mata do interior de SP

Marido, mulher, criança e amigo ficaram perdidos por mais de dez horas na zona rural da cidade de Elisiário

Chico Siqueira, especial para O Estado de S.Paulo

03 Novembro 2008 | 19h22

Após 10 horas de buscas, homens da Polícia Militar de Elisiário, a 420 km de São Paulo, resgataram na manhã desta segunda-feira, 3, uma família que estava perdida, com um bebê de sete meses, numa mata ciliar no Rio Cubatão, na zona rural do município. O técnico em processamento de dados, Marcelo Serchiari, de 30 anos, sua mulher, Geniane, de 29, a filha do casal, Gabrieli, e o amigo William Hilário, de 20, se perderam quando voltavam de um sítio por caminhos alternativos, no meio de canaviais. O grupo viveu momentos de desespero depois que a gasolina e a bateria do celular acabaram e escureceu. Eles abandonaram o carro e passaram a caminhar se orientando pelas luzes da cidade. Sem saber para onde ia, o grupo caminhou por 15 km até entrar na mata e num brejo à beira do rio. Por sorte, os PMs conseguiram fazer o resgate, às 5h30 da manhã. A bebê passa bem. "Entramos em desespero, pois achávamos que ficaríamos por lá. A nossa sorte é que Gabrieli (bebê) se alimenta com leite materno e por isso não sofreu desidratação", contou Marcelo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.