PM suspeito de integrar milícia é preso no Rio

O soldado da Polícia Militar (PM) Carlos Ari Ribeiro foi detido hoje pela suspeita de integrar a milícia que atua em Campo Grande, na nona oeste do Rio de Janeiro, e de praticar 16 homicídios na região. Segundo a corporação, contra Carlos foi cumprido mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça pela tentativa de homicídio de um PM. Ele foi preso em sua residência, em Campo Grande.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

02 de junho de 2010 | 12h23

No local, os agente apreenderam uma pistola calibre 45, de uso restrito das formas armadas, uma lancha, três carros e duas motocicletas. De acordo com a polícia, com base em escutas telefônicas autorizadas pela Justiça, os agentes descobriram que o suspeito, de 33 anos e lotado no 6º Batalhão (Tijuca), estava prestes a comprar um terreno avaliado em R$ 200 mil.

Tudo o que sabemos sobre:
crimemilíciaprisãoPMRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.