PM vai substituir Exército em 3 comunidades do Rio

Começou na madrugada desta quinta-feira a substituição das tropas da Força de Pacificação do Exército por policiais militares, nos Complexos do Alemão e da Penha, no Rio, segundo a PM. A troca faz parte do processo de pacificação dos Complexos, que vai atingir as comunidades da Chatuba, Morro da Fé e Morro do Sereno.

AE, Agência Estado

31 Maio 2012 | 08h03

Durante a substituição, a PM solicita a colaboração dos moradores, denunciando criminosos e seus esconderijos. Além disso, os moradores devem andar com documentos de identificação e os motoristas e motociclistas serão solicitados a mostrar documentos de propriedade de seus veículos, bem como a Carteira Nacional de Habilitação em dia. No caso das motos, também será exigido o uso de capacete.

Logo após a substituição dos policiais, começarão as ações de policiamento e revista à procura de criminosos que ainda possam estar atuando na área, como forma de preparar a chegada das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) nas comunidades, de acordo com a PM.

Cerca de 300 PMs estarão atuando nesta quinta-feira. As tropas da Força de Pacificação do Exército serão substituídas por soldados do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), BAC (Batalhão de Ações com Cães), Grupamento Aeromarítimo e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope).

Mais conteúdo sobre:
violência Rio PM

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.