PMs são baleados por bandidos em fuga em SP

Dois PMs da 2ª Companhia do 3º Batalhão foram baleados, com tiros de fuzil, disparados por ocupantes de três veículos, por volta de 3h30, no momento em que preservavam um veículo incendido na rua Ribeiro Lacerda, no Jardim da Saúde, na zona sul de São Paulo.

RICARDO VALOTA, Agência Estado

14 de abril de 2011 | 06h51

Não se sabe ainda a causa do incêndio. Baleado na barriga, o soldado Militão, e o colega dele, também soldado, ferido em um dos braços, foram encaminhados para o Hospital São Paulo. O soldado atingido no abdome passava por cirurgia até as 4h30.

Os criminosos que atacaram os policiais ocupavam um Toyota Corolla preto, um Palio cinza e um utilitário esportivo, de cor e modelo não anotados, e seriam os mesmos que, minutos antes, já haviam trocado tiros com policiais militares do Batalhão de Trânsito em frente a uma agência do Banco do Brasil, por eles invadida, na altura do nº 1.200 da avenida do Cursino, na mesma região.

O tiroteio em frente à agência ocorreu no momento em que os policiais do Trânsito faziam patrulhamento e resolveram abordar os suspeitos que deixavam o banco. A agência teve dois caixas eletrônicos arrombados com o uso de maçaricos. O grupo teria fugido com o cofre das máquinas e ninguém foi encontrado até o momento.

O caso foi encaminhado para o 16º Distrito Policial, da Vila Clementino.

Tudo o que sabemos sobre:
PMsbaleadosSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.