PMs são baleados por criminosos em mercado de SP

Um ciclista foi morto e dois policiais militares foram baleados por criminosos que tentaram furtar um caixa eletrônico instalado dentro do Mercado Municipal de Pinheiros, junto ao Largo da Batata, na zona oeste de São Paulo, na madrugada de hoje. Segundo testemunhas, os cerca de dez homens da quadrilha chegaram ao local no início da madrugada divididos em três carros. Eles renderam o segurança do mercado e perguntaram sobre o caixa. No momento em que tentavam efetuar o furto, o alarme do posto bancário avisou a central de monitoramento do banco, que acionou a polícia.

RICARDO VALOTA E DANIELA DO CANTO, Agencia Estado

22 de maio de 2009 | 07h00

Quando os PMs chegaram ao local, por volta da 1h30, dois criminosos ainda estavam dentro do mercado. Eles atiraram contra os policiais, que revidaram. O soldado Dênio foi atingido no pé. Após a troca de tiros, os bandidos fugiram. Enquanto fugia, a dupla se deparou com uma viatura da PM na esquina das ruas Teodoro Sampaio e Cunha Gago. No local, houve uma nova troca de tiros, mas ninguém ficou ferido. Em seguida, os bandidos encontraram uma outra viatura policial no cruzamento das avenidas Brigadeiro Faria Lima e Eusébio Matoso. Os policiais sequer chegaram a abordar os criminosos, que atiraram. Durante o tiroteio, o soldado Marcos foi baleado na boca.

Na tentativa de despistar a polícia, a dupla ainda disparou sete tiros contra um ciclista no acesso da Ponte Eusébio Matoso à Marginal do Pinheiros. Ele morreu no local. O carro da fuga foi encontrado abandonado na Marginal do Pinheiros, próximo à Ponte Estaiada, com diversas perfurações de balas. Até o início da manhã, ninguém foi preso. Os dois policiais baleados foram encaminhados ao Hospital das Clínicas, onde permanecem internados. O caso será registrado no 14º Distrito Policial (Pinheiros).

Ex-policial morto

Um ex-agente da Polícia Civil foi morto com vários tiros na tarde de ontem no interior de uma loja de veículos no Jardim Pedreira, zona sul da cidade de São Paulo. A vítima, expulsa da corporação, morreu no local. Apesar de o crime ter ocorrido à luz do dia e dentro de um estabelecimento comercial, os primeiros policiais militares a chegar no local não conseguiram obter informações de potenciais testemunhas. O crime foi registrado como homicídio no 98º Distrito Policial, do Jardim Miriam.

Mais violência

Ao entrar em luta corporal com dois assaltantes na tarde de ontem na região do Jardim Angela, zona sul de São Paulo, um comerciante tomou a arma de um dos criminosos e baleou os dois. Os dois bandidos morreram quando eram atendidos no pronto-socorro municipal do Campo Limpo. Tudo ocorreu no interior do supermercado da vítima. Após balear a dupla, o comerciante deixou o local e, até a manhã de hoje, não havia se apresentado à polícia. O caso foi registrado no 100º Distrito Policial, do Jardim Herculano.

Tudo o que sabemos sobre:
violênciaSPmortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.