Polícia aplica 300 multas/dia em marginal da Raposo

A Polícia Rodoviária Estadual aplica uma média de 300 multas por dia por excesso de velocidade num trecho de apenas dez quilômetros de marginais na rodovia Raposo Tavares, em Sorocaba, interior de São Paulo. O número é quase o dobro das multas aplicadas pelos 60 radares inteligentes da polícia em todo o Estado por falta de licenciamento dos veículos.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, CORRESPONDENTE, Agência Estado

08 de novembro de 2011 | 19h36

De janeiro a setembro deste ano, os 40 radares fizeram média de 165 autuações por dia. No trecho da Raposo, foram feitas 13,2 mil autuações em 44 dias, segundo a Polícia Rodoviária.

Motoristas reclamam da falta de pistas de desaceleração para quem sai da pista expressa, que tem velocidade máxima de 110 km/h, e precisa reduzir para 60 km/h na marginal. Como o limite não é respeitado, foram espalhados radares fixos e móveis ao longo do trecho e as multas são aplicadas em cascata.

O consultor em engenharia de tráfego Vanderlei Cófani considera incompatíveis os limites de velocidade entre a pista expressa e a marginal. Ele acredita que, se houvesse faixas de aceleração, os motoristas teriam mais segurança.

A própria Polícia Rodoviária já pediu, há dois meses, um estudo visando a um aumento no limite de velocidade das marginais para 70 km/h. De acordo com o tenente Helder Bonás, do comando de policiamento, o novo limite ficaria compatível o da pista expressa. O pedido foi encaminhado à concessionária CCRViaoeste que, por sua vez, o repassou ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER). O DER informou que o estudo ainda não foi concluído.

Tudo o que sabemos sobre:
multasmarginalRaposo Tavares

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.