Polícia apreende 1,28 kg de produtos impróprios no Rio

A Delegacia do Consumidor (Decon) da Polícia Civil do Rio interditou hoje o Mercado São Thomás, em Campo Grande, na zona oeste da capital fluminense, e prendeu um dos sócios do estabelecimento. Segundo a Decon, fiscais da Vigilância Sanitária e peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) constataram no local a manutenção de 1.280 quilos de produtos impróprios para consumo.Os policiais dizem ter encontrado em três câmeras frigoríficas produtos como lingüiça, salsicha, chester e carnes sem condições de venda e com a data de validade vencida. O sócio do mercado Paulo Henrique Couto Bittencourt, de 38 anos, foi detido e autuado por crime contra o consumidor. Para responder ao processo em liberdade, Bittencourt terá de desembolsar entre R$ 7,6 mil e R$ 38 mil de fiança. De acordo com a delegada Andréa Menezes, a operação, batizada de Boas Compras, foi motivada pelo grande número de denúncias recebidas pela Decon.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.