Polícia apreende metralhadora antiaérea na BA

A polícia baiana apresentou, na tarde desta terça-feira, quatro homens acusados de integrar uma quadrilha que praticava assaltos a bancos e a carros-fortes no interior do Estado. Um quinto integrante morreu durante troca de tiros com os policiais durante a operação que resultou nas prisões.

TIAGO DÉCIMO, Agência Estado

30 de julho de 2013 | 17h53

Com o grupo, foi apreendida grande quantidade de armas, entre elas pistolas israelenses, quatro fuzis e uma metralhadora antiaérea, capaz de abater aeronaves e de perfurar carros-fortes. Além disso, foram encontradas cerca de 800 munições para as armas e equipamentos de precisão, como miras a laser.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, as investigações duraram seis meses e a quadrilha está envolvida em pelo menos oito assaltos a bancos e em cinco ataques a caixas eletrônicos desde o ano passado, no Estado.

Mais conteúdo sobre:
metralhadora antiaéreaBahia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.